25 de abril de 2008

Vermelhos Meus Cabelos

Arranjei um lenço p'ros cabelos
Vou cobrí-los de vermelho
Esquentar de cor os fios
Encarolar os calores maneiros

Vão seguir cabelos e lenço
Fitando as multidões, sem perdões
Monocor, enfolgueirados
Compridos, festeiros, de atrito

Enroscados os cachos, danados
Desassossegam rubrando e dotados
Cintilados cheiros dos pêlos, pano
Meus cabelos sob lenços vermelhos.

3 comentários:

.raphael. disse...

ahhh cabelos de fogo, incandescente!
Mesmo que os panos os transformem, mas sim, sempre vermelhos. Aterrorizantemente sedutores!

ahh.. os meus preferidos!

heheeh

Beijos

Flávia disse...

Cabelos de fogo assim, dançantes no vento... rubros de energia, muito mais que de cor...

Amei.

Beijo, amor.

Diogo disse...

Os calores maneiros não são suficientes???
hauhaiuhauihauihauiahia
Td bem, que rubrem mesmo!!