6 de julho de 2009

Registro de Passagem

"... até que você seja libertada de todos os tormentos."
Atiq Rahimi

Coração, bomba pedindo explosão:
O meu amor nasceu no Afeganistão.

7 comentários:

Isaque Viana disse...

ê pati... Depois cê quer falar das rimas minhas, né?
O que falar desses seus versos? O que falar de "O meu amor nasceu no Afeganistão"?
Muito boa sacada. Muito boa.

Seu comentário me deixou com um sorriso no rosto. E sim, vou pegar o telefone.

euquefizapati disse...

Lindo.....maravilhoso.....invrível... como vc tem bom gosto. Te amo...infinito. rsrsr

.raphael. disse...

um brinde ao infinito!
só pra VC entender!
hahaha

beijos sempre

Monday disse...

e se nasceu numa terra tão árida e ainda é amor, se pede explosão de bomba e ainda é amor, que diferença fará uma rima?

será sempre poesia esse seu coração ... assim como você, menina bonita!

Martim disse...

www.msim.blogspot.com

Daniela disse...

não tinha um lugar mais pertinho pro seu amor nascer, um pais mais tranquilo talvez? Na França...

Sunflower disse...

só sei amar em tempo de guerra.

só.