27 de julho de 2010

fones nos ouvidos

A música chegando para mim pelos fones nos ouvidos, naquela tarde de tempo virado, vento gelado e o rosto em fatias. Pensei, "não preciso mais esperar esses dias".


A música, aquela. A gente, na verdade, só precisa dos três minutos dela.

2 comentários:

Ceisa Martins disse...

"Todo silêncio é música em estado de gravidez"

E a música que chega até você... É fruto de um momento de silêncio absoluto da sua alma!

Beijos!

paulo disse...

Parece que são elas, as músicas, que nos conduzem.
Mesmo assim penso que somos nós que as conduzimos...