24 de outubro de 2010

Quase

"Às vezes eu quero chorar
Mas o dia nasce e eu esqueço"
Marina Lima

Nos dias em que me resumo em olhos, vivo tudo por meio deles. Ao ensaiar o mundo úmido, lembro-me daquela janela, aberta: traz para mim um horizonte ensolarado. Então, eu faço de conta.

4 comentários:

Erica Maria disse...

Ah, que delícia de texto...

Adoro vc e seus escritos viu?

Um Bjo!

Sunflower disse...

Era toda vez.

Mai disse...

O mundo inteiro em seus olhos.
Todo olhar é mundo e meio.

beijos

Hélio disse...

Sempre estarei a te esperar. Seja na janela, seja pela porta da frente ou até na sacada.

O tempo nos trará alegrias e tristezas, mesmo estando unidos, a sombra nos cercará.
Te abrasso. Te sinto em mim.

Beijo no seu coração.
Amo você